Micro Banco Fides MoçambiqueAcademia de Finanças Inclusivas

Project completed

Aumento de oferta de serviços financeiros para a população rural é um dos principais objectivos do Governo. O projecto tem como objectivo oferecer serviços financeiros diversificados 85% da população sem acesso, nomeadamente aos micro e pequenos empresários e mulheres e homens agricultores. Os serviços serão prestados de maneira profissional e rentável por um micro banco financiado por uma empresa privada suíça experiente no sector que também vai desenvolver um currículo profissional completo para funcionários de instituições bancárias e de seguros rurais.

Country/region Topic Period Budget
Mozambique
Província de Nampula
Employment & economic development
Agriculture & food security
Financial policy
SME development
Agricultural development
01.07.2012 - 31.12.2017
CHF 8'285'000
Background

Os esforços de redução da pobreza e outros avanços sociais em Moçambique não beneficiaram todas as pessoas de igual modo. Um dos principais constragimentos à inclusão é a quase inexistência de serviços financeiros disponíveis para pequenas empresas e agricultores nas áreas rurais. Os serviços financeiros em Moçambique alcançam apenas 10% a 20% dos pobres potencialmente activos e bancáveis. O Inquérito FinScope de 2009 estimou que 79% dos adultos não têm contas de poupança e só 8% dos adultos têm acesso acredito.

O Micro Banco Fides Moçambique – MBFM, pretende oferecer serviços financeiros diversificados a micro e pequenos empresários, mulheres e homens agricultores, de uma forma adaptada às suas necessidades. O MBFM é uma instituição de microfinanças construída como um projecto de esenvolvimento público-privado financiado pela Cooperação Suíça, em parceria com a Swiss Microfinance Holding, que beneficia da competência técnica da Financial Systems Development Services AG – FIDES.

O principal desafio que se coloca à edificação de uma instituição de microfinanças sustentável no contexto moçambicano é a capacitação. A falta de quadros qualificados limita o crescimento do sector. No entanto, existem muitos jovens talentosos, mas não pessoas em número suficiente no mercado local que possam ser usadas como recursos de formação em prestação de serviços de banca a retalho de alta qualidade.

Para fazer face a este desafio foi criada uma Academia de Finanças Inclusivas – INFINA, com o objectivo de desenvolver um programa de ensino de finanças inclusivas, com base numa abordagem de formação profissional, desenvolvida em parceria com o MBFM.

 

 

 
Objectives
Aumentar o emprego, rendimento e riqueza de cidadãos rurais e urbanos no Norte de Moçambique através da maior disponibilidade de produtos financeiros ajustados às necessidades dos mais vulneráveis.
Target groups

Micro empresários usando estratégias de auto-emprego, pequenos empresários com negócios mais formalizados e empregando até dez pessoas. Pequenos agricultores e jovens vivendo em Nampula.

Medium-term outcomes
  • O acesso a serviços financeiros próximos e diversificados por parte de homens e mulheres rurais e urbanos de baixo rendimento no Norte de Moçambique é aumentado.
  • Os tipos de serviços financeiros oferecidos pelo novo microbanco serão diversificados e incluirão produtos direccionados a pequenos agricultores vulneráveis, homens e mulheres, e empresários de forma a aumentarem os seus activos.
  • A disponibilidade de pessoal bancário rural bem formado, com as competências e comportamento adequado para servir esses clientes é aumentada para o sector financeiro no seu todo.

 

Activities

O Micro Banco Fides Moçambique utiliza metodologias inovadoras de microfinanças para alcançar dois segmentos principais de clientes:

  • Microempresários em vilas e aldeias através de grupos de passivo conjunto.
  • Pequenas empresas formalizadas, através de produtos de crédito individual.

A diversidade de serviços financeiros será progressivamente aberta a um leque maior de serviços de banca a retalho, como poupanças e depósitos.

Academia de Finanças Inclusivas:

Cria capacidade no pessoal operacional (pessoal de campo, caixas em contacto com o cliente, área administrativa e apoio contabilístico) do MBFM, com ênfase nos candidatos de nível inicial. Um programa de estágio com duração de três anos e centrado em microfinanças, cobrindo aspectos teóricos e práticos e competências aplicadas relacionadas com:

  • Estudos de mercado
  • Matemática financeira
  • Competências informáticas
  • Inglês
  • Comunicação

Os estagiários passam 80% do tempo no campo, que inclui experiência operacional prática (no banco e nas comunidades com os clientes).

Results

Expected results:  

  • Plano de Acção e orçamento realista para o ano de 2015 aprovado pelo Conselho de Administração. Alcançar 14 000 clientes com uma carteira de crédito de cerca de MZN 64 milhões.
  • Expandir os serviços oferecidos no INFINA, bem como o tipo de clientes servidos, incluindo candidatos a cargos de gestão intermédia, outras instituições de microfinanças bancos e empresas.


Results from previous phases:  

  • Micro Banco Fides Moçambique construiu uma carteira de cerca de 2 500 clientes, com uma carteira de crédito pendente de cerca de MZN 3,3 milhões.
  • A metodologia de concessão de crédito baseada na criação de grupos de responsabilidade comum (DEGO) é apropriada aos constrangimentos dos clientes.
  • O MBFM também começou, cautelosamente, a conceder empréstimos a Pequenas Empresas, com base numa tecnologia clássica de crédito individual. Esses primeiros meses confirmaram também a elevada procura por serviços financeiros entre os empresários de baixo rendimento. Muitos clientes demonstraram já interesse em poupar dinheiro junto do MBFM.
  • A equipa é constituída por 81 pessoas e um novo grupo de 25 estagiários está a começar o seu processo de formação em estágio.
  • Existe interesse pelas competências e pesquisa que a INFINA oferece, devido à abordagem orientado para o cliente. Desenvolvimento de competências através de estágios, com uma forte componente de aprender fazendo. Dos 74 estagiários formados, 51 permanecem no quadro do MBFM.

 


Directorate/federal office responsible SDC
Credit area Development cooperation
Project partners Contract partner
Private sector
  • Foreign private sector South/East
  • Swiss Private Sector
  • FIDES financial systems development services Central Bank of Mozambique


Other partners
  • Swiss Microfinance e Banco de Moçambique
  • Liechtenstein Development Service
Temas Transversais

Cerca de 96% dos 2.500 dos clientes do Banco são mulheres.

Budget Current phase Swiss budget CHF   8'285'000 Swiss disbursement to date CHF   8'459'936
Project phases Phase 3 01.04.2018 - 31.12.2019   (Current phase)

Phase 2 01.07.2012 - 31.12.2017   (Completed)

Phase 1 01.08.2008 - 31.07.2012   (Completed)