Natureza – Fatos e números

Do Planalto aos cumes dos Alpes, a Suíça possui uma grande diversidade de paisagens e de habitats. De maciços alpinos a locais pantanosos, passando pelas florestas do Jura, o país caracteriza-se pela riqueza dos seus ecossistemas e respectiva proximidade aos centros urbanos. Apesar do seu território pouco extenso, a Suíça possui 12 locais reconhecidos como Patrimônio Mundial da UNESCO. 

Infográfico sobre a Suíça. 19 parques nacionais. Um terço do território suíço é ocupado por florestas. A geleira de Aletsch é reconhecida como patrimônio mundial da UNESCO.
Infográfico sobre a Suíça. 19 parques nacionais. Um terço do território suíço é ocupado por florestas. A geleira de Aletsch é reconhecida como patrimônio mundial da UNESCO.

Devido à variedade das suas paisagens e contrastes climáticos, a Suíça dispõe de um grande número de meios naturais. O país alberga mais de uma centena de espécies que não existem em nenhum outro país do mundo, sendo que a maioria se encontra nos Alpes.

Água potável diretamente do riacho

A Suíça possui 6% das reservas europeias de água doce. O país é chamado de castelo d'água da Europa. O regime de águas é alimentado pelo excesso de precipitação, pela água de nascente e pelas reservas hidrológicas retidas nas camadas de neve e nas geleiras. As águas subterrâneas fornecem 80% dos recursos de água potável e industrial. Assim, 40% da água potável não necessita de tratamento antes de ser distribuída aos consumidores. As famílias consomem em média 162 litros de água por dia e por pessoa. Desde o início dos anos 80, o consumo total (incluindo a indústria, o artesanato e a agricultura) diminuiu cerca de 30%, apesar do crescimento populacional.  A energia hidráulica é a fonte de energia renovável mais importante do país. Atualmente, 56% da eletricidade produzida provém da energia hidráulica. Dois terços dessa produção provêm dos cantões alpinos (Uri, Grisões, Ticino e Valais).

Ar puro graças a uma legislação adequada

Na Suíça, o ar é reconhecido pela sua qualidade. De acordo com a OMS, o país encontra-se no 13º lugar mundial dos países menos poluídos. Na Suíça, a qualidade do ar varia consoante o lugar, a estação e a altitude. As áreas urbanas do Planalto são mais afetadas pela poluição do que os Alpes e o Jura. A qualidade do ar na Suíça encontra-se em melhoria contínua desde meados dos anos 80. Essa evolução deve-se à política da Confederação, dos cantões e das comunas em matéria de proteção do ar. Essa política é baseada, em grande parte, no decreto com relação à proteção do ar, que entrou em vigor em 1986. O decreto, por sua vez, se apoia na lei sobre a proteção do meio ambiente e estabelece uma lista de medidas (tráfego, agricultura, indústria) para reduzir as emissões poluentes. O ar é constantemente monitorado e analisado pelas 16 estações de medição da Rede nacional de observação dos poluentes atmosféricos.

A floresta, um habitat renovável

As florestas cobrem cerca de 31% do território. No século XX, a área total ocupada pela floresta aumentou de forma constante. A proteção da floresta, prevista na legislação federal desde 1876, impede o recuo das áreas florestais. A Confederação e os cantões encarregam-se do gerenciamento, da salvaguarda e da proteção das florestas. Para além da sua função econômica, enquanto fonte de material de construção e de energia, as florestas desempenham um papel importante na proteção contra avalanches, cheias e deslizamentos de pedras, bem como na estabilização do solo e dos terrenos escarpados e na manutenção da biodiversidade. As florestas suíças albergam mais de 30.000 espécies animais, vegetais e fúngicas. As epíceas, as faias, os abetos brancos, os áceres e os carvalhos são as espécies mais frequentes.

Alguns números sobre a natureza suíça:

  • O Inventário federal das paisagens, dos sítios e monumentos naturais (IFP) registra 162 sítios, que cobrem 19% do território nacional.
  • As áreas protegidas de importância nacional cobrem cerca de 23% do território nacional.
  • A área total dos biótopos de importância nacional representa cerca de 2% do território suíço. Nesses locais, vivem 1.060 espécies.
  • Na Suíça, é possível identificar 50 espécies de árvores.
  • As florestas privadas representam cerca de 30% da área florestal, estando a restante porcentagem nas mãos do poder público.
  • A Suíça conta com 65.000 km de percursos pedestres. Isso corresponde a uma distância igual a uma volta e meia à Terra.
  • Os ciclistas e praticantes de BTT dispõem de 20.000 km de rotas sinalizadas na Suíça.
  • A altitude média da Suíça é de 1.307 m. Com 49 picos que culminam a mais de 4.000 m, a Suíça é o país europeu com o maior número de cumes.